SPI organiza a segunda missão empresarial do projeto Dragonstar Plus em Shanghai e Shenzhen

24 Novembro 2017

 

A Sociedade Portuguesa de Inovação organizou, no âmbito do projeto Dragonstar Plus - Horizonte 2020, a segunda missão empresarial a Shanghai e Shenzhen, na China, entre os dias 14 e 19 de novembro. A missão permitiu às organizações europeias participarem no EU-China Think Tank Workshop on Science, Technology & Innovation - “The Future of Manufacturing” (Shanghai) e no China High-Tech Fair & Forum (Shenzhen). A missão focou-se nos setores de Industrial and Advanced Manufacturing (indústria 4.0, automatização de fábricas e processos) e ICT (telecomunicações, hardware, software, serviços de tecnologia e informação). A SPI é entidade parceira no projeto Dragostar Plus.

Participaram no total 11 organizações europeias de 6 estados membros diferentes, nomeadamente Bulgária, Grécia, Itália, Latvia, Lituânia e Portugal. As organizações europeias eram maioritariamente institutos de investigação e universidades, pequenas e médias empresas (PMEs) e startups com atividade em ICT e Hi-Tech.

No dia 14 de novembro decorreu o workshop: EU-China Think Tank Workshop on Science, Technology & Innovation - “The Future of Manufacturing”, organizado pela EUrelations, parceiro do projeto. O evento incluiu três sessões principais, moderadas por Jessie Zhang, Project Manager da EUrelations: 1) Presentations on Industry 4.0 in Europe and China, delivered by relevant stakeholders; 2) Panel discussion – Commons and differences, Chances and challenges; 3) Creative Workshop. A sessão de boas vindas foi conduzida por Laurent Bochereau, Minister Counsellor, EU Delegation to China, por Carlo Diego D’Andrea, European Union Chamber of Commerce e por Epaminondas Christofilopoulos, Technology Consultant da PRAXI Network, coordenadora do projeto.


"Creative activity" durante o workshop EU-China Think Tank

Visita ao Zhangjian Science Park

No dia seguinte, a delegação europeia visitou o Zhangjiang Science Park. O parque é especializado em investigação de ciências sociais, software, semicondutores e tecnologia de informação. Estão presentes mais de 3,600 empresas e startups no parque, sendo conhecido como o Silicon Valley Chinês. Na manhã do dia 16 de novembro, decorreu a cerimónia de abertura da China Hi-Tech Fair, onde estiveram presentes representantes do governo chinês e do município de Shenzhen, representantes de embaixadas de diversos Estados Membros na China, como também a delegação europeia a participar na missão.

Durante a tarde houve uma sessão organizada pela Comissão Europeia, onde foram apresentadas as novas oportunidades de cooperação entre a Europa e a China, no âmbito do programa Horizonte 2020. Durante o evento foi apresentado o novo projeto ENRICH-European Network of Research and Innovation Centres and Hubs, China, coordenado pela SPI


Expositor do projeto DragonSTAR Plus

Participantes durante a China Hi-Tech Fair 2017

O projeto Dragonstar Plus contou com a presença de um expositor na China High-Tech Fair. Para além da feira tecnológica, a missão incluiu 3 visitas a organizações chinesas: a ZTE Corporation, Southern University of Science and Technology (SUSTech) e China Radical Innovation (CRI). A ZTE Corporation é uma empresa multinacional de equipamentos e sistemas de telecomunicações, com sede em Shenzhen. A SUSTech é uma universidade pública fundada na Shenzhen Special Economic Zone of China, com o objetivo de se tornar numa universidade de elite no contexto mundial, fomentando novos talentos em ciência e inovação. A CRI é uma empresa sem fins lucrativos, com o objetivo de conectar os recursos de inovação radical a nível global com a exponencial procura da indústria chinesa.


Visita à ZTE Corporation

Visita à SUSTech

A segunda missão empresarial do projeto Dragonstar Plus terminou com sucesso no dia 19 de novembro. Após esta missão, é expectável que mais e melhores produtos do setor tecnológico entrem no mercado chinês. A missão funcionou como uma ponte de ligação entre organizações chinesas e europeias, fomentando a transferência de tecnologia e oportunidades de cooperação entre a Europa e a China.


Visita à China Radical Innovation