China e Estados Unidos da América: Oportunidades de Mercado

07 Julho 2017

 

A China, um dos mercados de maior potencial, é considerada o “motor” da economia mundial. As apostas estruturais e os investimentos realizados nos últimos anos conduziram a um crescimento generalizado e acelerado, posicionando a China como um dos principais players da atualidade. O setor da maquinaria e equipamento lidera a lista de importações da China, representando 25,7% das importações totais. Este indicador comprova a existência de valiosas oportunidades de negócio, especialmente nos seguintes subsetores: máquinas agrícolas, maquinaria de construção e máquinas de Comando Numérico Computadorizado (CNC). Neste contexto, entre os dias 24 e 31 de outubro de 2017 irá decorrer uma missão de matchmaking nas cidades de Pequim, Chengdu e Qingdao. Esta missão insere-se no âmbito do projeto ERICENA - European Research and Innovation Centre of Excellence in China, financiado pelo programa Horizonte 2020 da Comissão Europeia (CE), e irá permitir aos participantes reunirem com organizações chinesas líderes em tecnologia e inovação, assim como acederem gratuitamente à EU-China Business & Technology Cooperation Fair em Chengdu e Qingdao, umas das maiores plataformas de investimento, comércio e cooperação tecnológica entre a Europa e a China. Para mais informações sobre a missão, clique aqui.
No caso dos Estados Unidos da América, o setor da maquinaria e equipamentos ocupa o 5º lugar no ranking das importações do país, representando 6.5% das importações totais, atrás dos setores da computação e eletrónica, produtos petrolíferos, equipamentos de transporte e produtos químicos. No setor supramencionado destacam-se importantes oportunidades de negócio no que diz respeito à expedição de máquinas de embalamento e à exportação de equipamentos de consumo. Neste contexto, o projeto NearUS - Network for European Research and Innovation Acceleration in the US, cujo lançamento ocorrerá em janeiro de 2018, irá disponibilizar apoio especializado no processo de internacionalização. Este projeto é financiado pelo programa Horizonte 2020 da CE e visa apoiar organizações europeias nas atividades de negócio, investigação e inovação nos Estados Unidos da América.
Os mercados da China e dos Estados Unidos da América apresentam indicadores bastante aliciantes para a exportação de produtos fabricados em Portugal. É importante ter em consideração que a inovação é fundamental no negócio destes países, pois só desta forma se conseguem destacar e diferenciar da concorrência.
Os produtos portugueses têm mostrado altos níveis de rigor, porém não se adequam a todas as regiões. A chave do sucesso é compreender onde o produto terá maior procura e impacto.
A Sociedade Portuguesa de Inovação (SPI – www.spi.pt) tem um vasto conhecimento e envolvimento nestes mercados. A SPI é uma empresa de consultadoria, criada em 1996, com um profundo conhecimento dos setores público e privado, assim como dos processos que permitem aos seus clientes fomentar a inovação, ser competitivos e gerar crescimento. O Grupo inclui a SPI Açores, a SPI China, a SPI España, a SPI USA, a SPI Ventures e uma representação permanente em Bruxelas, através de uma parceria com a European BIC Network (EBN). A SPI tem presença física na China e nos Estados Unidos desde 1999, tendo uma elevada experiência no apoio a empresas no processo de internacionalização, desde a identificação de potenciais parceiros estratégicos, preparação de reuniões com estas entidades e organização de missões na China para o acompanhamento e contacto com a realidade local.
A SPI é igualmente entidade acreditada para a prestação de serviços no âmbito do Sistema de Incentivos “Internacionalização das PME”-  Vale Oportunidades de Internacionalização. O objetivo do Vale Oportunidades de Internacionalização é apoiar o desenvolvimento e aplicação de novos modelos empresariais para as PME, especialmente no que diz respeito à internacionalização, através de projetos simplificados que visem a promoção de diagnósticos comerciais, a identificação de oportunidades de internacionalização, ao nível de produtos /serviços e mercados associados, e das estratégias de marketing adequadas, designadamente permitindo uma evolução na cadeia de valor, incluindo a assistência técnica que permita a implementação imediata de decisões de marketing e atividades de prospeção inicial de mercados externos. A SPI apoia no desenvolvimento de candidaturas (Portugal 2020 e Horizonte 2020), como também na prestação de serviços específicos que a empresa procure.