A SPI organizou e participou nos Workshops do LinkTADs e na 2ª Reunião de acompanhamento

04 Novembro 2015

 

LinkTADs - Linking Epidemiology and Laboratory Research on Transboundary Animal Diseases (TADs) and Zoonoses in EU and China, é um projeto financiado pelo Sétimo Programa da União Europeia para a investigação, desenvolvimento tecnológico e demonstração nos termos do acordo de subvenção No: 613804. O LinkTADs reúne institutos de investigação a nível mundial e especialistas em cooperação transfronteiriça com o objetivo de coordenar o desenvolvimento de epidemiologia e novas ferramentas de laboratório, fazendo a ligação entre investigadores da China e da Europa. Isto irá facilitar a colaboração na investigação e derrubar barreiras, incluindo regulamentos, regulamentações, políticas e linguagem. A SPI é um dos 11 parceiros do consórcio do LinkTADs.

Para facilitar esta disseminação de conhecimento sobre TADs e criar um fórum de discussão e troca de ideias, o LinkTADs organizou um evento de 3 dias, abordando algumas das questões mais relevantes relacionadas com as ciências de laboratório veterinário. O evento teve lugar entre 12 e 14 de outubro nas instalações da International Atomic Energy Agency (IAEA), em Viena, Áustria. A 2ª reunião de acompanhamento do projeto LinkTADs foi realizada nos dias 15 e 16 de outubro, no mesmo local, para discutirem os resultados do projeto e planeamento para o próximo ano. A SPI enviou um representante para participar nesta reunião.

A primeira sessão sobre New Diagnostic Technologies (12 de outubro) abordou algumas das mais recentes tecnologias de diagnóstico aque estão a ser desenvolvidas e utilizadas, como por exemplo, plataformas moleculares, tecnologias de alto rendimento, próxima geração de sequenciação, bioinformática, aplicações de campo, etc. Foram também discutidos no fórum os impactos que estas novas tecnologias podem ter sobre as futuras funções de laboratório e na vigilância das doenças dos animais.

A segunda sessão de Coordination of Research (13 de outubro) teve como objetivo descrever as principais iniciativas de investigação na UE, na China e em todo o mundo. Um fórum aberto que proporcionou a oportunidade de discutir de que forma a UE e a China poderiam trabalhar juntas num programa de investigação e colaboração sobre a forma de financiamento à investigação, incluindo elementos patogénicos/abordagens, bem como redes, as lacunas de investigação, lições aprendidas e objetivos de melhoria.

A terceira sessão sobre Veterinary Laboratory Systems and Policy (14 de outubro), organizada pela SPI juntamente com a FAO, teve como objetivo descrever e discutir a forma como os sistemas de laboratório veterinário são organizados e como a política se desenvolveu e implementou a todos os níveis funcionais na UE, China e a nível internacional. Os participantes tiveram a oportunidade de explorar e desenvolver oportunidades para a coordenação dos sistemas de laboratório.