SPI implementa Formação sobre Inovação para a Parceria Oriental, em Minsk, Bielorrússia

23 Junho 2015

 

Nos dias 26 e 28 de maio de 2015, a Sociedade Portuguesa de Inovação (SPI) implementou um Curso de Inovação de 3 dias, em Minsk, destinado a participantes dos países da Parceria Oriental (Arménia, Azerbaijão, Bielorrússia, Geórgia, Moldávia e Ucrânia). Estiveram presentes 30 países, representando ministérios, setor da investigação, indústria e agências de apoio à inovação, além de formadores especializados vindos de Portugal, Estados Unidos, Áustria, Bélgica, Roménia e Grécia.

A SPI foi responsável pelo conteúdo do Curso de Inovação, tendo o Belarusian Institute of System Analysis and Information Support for Scientific and Technical Sphere (BellSA) prestado toda a logistica.

O conteúdo do curso incluiu sessões interativas sobre os principais Temas e Definições sobre Inovação, Direitos de Propriedade Intelectual, Financiamento da Inovação, Transferência de Tecnologia e Comercialização dos Resultados da Investigação, Apoio à Inovação e aos Processos de Comercialização e Avaliações Internacionais Comparativas.

Este Curso de Inovação foi realizado no âmbito do projeto IncoNet-EAP, promovido por um consórcio internacional que inclui a SPI e que visa promover a cooperação no domínio da ciência, tecnologia e inovação, entre os Estados membros da União Europeia e os países da Parceria Oriental. O projeto está a decorrer e é financiado pelo Sétimo Programa-Quadro de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico (FP7), antecessor do H2020.

Para mais informações sobre o projeto, visite http://www.inco-eap.net/