SPI apresenta resultados da sua participação em projetos do Programa Aprendizagem ao Longo da Vida

27 Setembro 2012

Este ano foram vários os resultados da participação da SPI em projetos do Programa Aprendizagem ao Longo da Vida:

• Decorreu em Roma, de 19 a 21 de Setembro, a Conferência Final do projeto I TUBE. Este evento final, onde todos os parceiros apresentaram os resultados da experimentação realizada nos seus países, contou com a participação de especialistas da área da formação. 
O projeto I TUBE – Transferência da Inovação na Formação Contínua de um Modelo Integrado de Personalização e Portfólio Digital (www.itubeproject.eu) – foi implementado pela SPI ao longo de 2 anos, juntamente com parceiros europeus de Itália, Alemanha, República Checa e Reino Unido. Financiado no âmbito do Subprograma Leonardo da Vinci, este projeto fornece uma solução inovadora para a necessidade de aumentar as competências dos formadores, através da promoção de um modelo de personalização da aprendizagem associado ao uso do portfólio digital. 

• A parceria do projeto Mol@m (www.spi.pt/molam) desenvolveu e disponibilizou online uma ferramenta interativa dirigida a todos os que trabalham na área do aconselhamento profissional. Com esta ferramenta, destinada a promover a mobilidade laboral dentro da UE e disponível em 6 línguas, os profissionais que apoiam a integração ou reintegração de pessoas no mercado de trabalho podem obter mais informações, partilhar histórias, utilizar uma checklist ou recolher contactos de entidades noutros países, de modo a que o processo de mobilidade tenha o maior sucesso possível.  
Os resultados deste projeto coordenado pela SPI foram já apresentados no Reino Unido (numa conferência internacional) e em Portugal. Nas próximas semanas, realizar-se-ão apresentações nos restantes países parceiros. A ferramenta Mol@m (www.spi.pt/molamtool) tem suscitado bastante interesse por parte do público-alvo do projeto, estando em discussão várias possibilidades para a sua exploração futura e até adaptação a outros países e contextos. 

• No âmbito do projeto VETBA foi realizado um curso gratuito de formação para consultores empresariais. Este evento, que decorreu na Roménia a 17 de Setembro, contou com a presença da equipa de projeto e cerca de 40 participantes (entre os quais consultores empresariais, comunicação social e representantes de agências governamentais).
O projeto VETBA (www.business-advisor.eu), financiado no âmbito do subprograma Leonardo da Vinci, é uma parceria entre entidades provenientes de seis países europeus – Irlanda, Reino Unido, Portugal, Polónia, Bélgica e Roménia, e tem como objetivo desenvolver um curso online multilingue, com vista a reforçar as competências dos consultores empresariais no apoio a PME europeias. 
Os consultores empresariais podem inscrever-se no curso online no seguinte link: www.business-advisor.eu, e acompanhar a evolução do projeto em www.facebook.com/BusinessAdvisorTraining.

• Decorreu na Áustria, no dia 21 de Setembro, a Conferência Final do projeto FinMan (www.fin-man.eu). Este evento assinalou o encerramento deste projeto que, financiado no âmbito do Subprograma Grundtvig, teve a duração de 2 anos. 
No âmbito do projeto em questão, foi desenvolvido um manual financeiro para a gestão eficiente e eficaz de todas as fases associadas ao ciclo de vida de um projeto europeu. O Manual está disponível gratuitamente, mediante solicitação junto do coordenador do FinMan (Caterina Boschi – c.boschi@tkformazione.it) ou do parceiro local (contactos disponíveis no website do projeto). 

• No dia 19 de Outubro a SPI irá promover um seminário de apresentação do Guia Prático de Intervenção no Stress, desenvolvido no âmbito do projeto STRESSLESS. Para se inscrever contacte Sara Brandão – sarabrandao@spi.pt
O projeto STRESSLESS (www.spi.pt/stressless) tem como principal objetivo promover a resiliência e as competências de gestão de riscos psicossociais dos educadores através do desenvolvimento e validação de um Guia Prático de Intervenção para os educadores e para as instituições educativas. Esta validação foi conseguida através do envolvimento direto dos beneficiários finais do Guia (professores, formadores e outros agentes educativos, incluindo gestores) num conjunto de atividades, incluindo a participação num curso reconhecido para efeitos de formação contínua, ministrado por um psicólogo credenciado. 
A evolução do projeto e os futuros eventos de disseminação podem ser acompanhados através do Facebook (www.facebook.com/stresslessproject). 

• No âmbito do projeto JAKIN II (www.jakin2.eu), financiado no âmbito do Subprograma Leonardo da Vinci, a SPI desenvolveu, em conjunto com outras 6 entidades internacionais, uma nova plataforma de apoio às PME que permite avaliar o impacto da formação formal e não formal, facilitando a gestão do conhecimento. 
Nos testes piloto já efetuados, a ferramenta JAKIN II tem demonstrado uma grande. Convidamo-lo(a) a visitar o website do projeto e a utilizar a ferramenta desenvolvida (http://jakin2.usi.lis.ipn.pt) com os seguintes dados de acesso: utilizador/user – jakin2; senha/password: 1234. Dado que a ferramenta está a ser alvo de mudança de website, a qualquer momento poderá deixar de estar disponível no website fornecido. Se tal acontecer, para saber o novo website por favor consulte o website do projecto. 

• A conferência final do BEST FORM foi realizada no passado dia 13 de Setembro onde foram apresentadas as versões finais dos materiais didáticos elaborados, bem como os resultados dos cursos-piloto. O evento contou com a participação de diversas associações de imigrantes e outros atores-chave do empreendedorismo imigrante em Portugal. 
O projeto BEST FORM (www.spi.pt/bestform) pretendeu aperfeiçoar as competências culturais e interpessoais de consultores de negócios, para que possam lidar de forma mais eficaz com clientes imigrantes. Iniciado em Setembro de 2010 e com dois anos de duração, o projeto incluiu um levantamento das necessidades de formação nos países da parceria – Portugal, Itália, Reino Unido, Alemanha, Roménia, Polónia e Espanha – bem como o desenvolvimento e a adaptação de conteúdos para a formação de consultores de empreendedores imigrantes, de onde resultou a realização de 2 cursos-piloto, em Março deste ano, em Portugal e na Itália. 

• A parceria do projeto STITCH irá realizar, no próximo dia 26 Outubro, na Alemanha, uma conferência de apresentação dos resultados finais do projeto. Esta conferência pretende também ser um espaço de debate sobre as necessidades do ensino na Europa, nomeadamente na área temática do Turismo Sustentável e de Natureza. Para mais informações sobre este evento, deverá enviar um e-mail ao responsável do projeto em Portugal (Miguel Santos, miguelsantos@spi.pt). 
O projeto STITCH (www.stitch-project.eu), financiado no âmbito do Subprograma "KA3 ICT Multilateral Projects", tem como objetivo melhorar o conhecimento geral sobre o sector do turismo sustentável e de natureza, fortalecer a posição deste sector na indústria do turismo e introduzir métodos de ensino à distância nos programas educativos das principais instituições de ensino/formação na Europa.