SPI realiza missões de internacionalização aos mercados brasileiro e chinês

21 Junho 2012

Entre os dias 13 e 19 de Maio e 3 e 9 de Junho, a SPI coordenou as missões de cooperação internacional do Campus do Mar aos mercados brasileiro e chinês, respectivamente.

O Campus do Mar é uma rede de cooperação académica e científica entre universidades e institutos de investigação espanhóis (da Galiza) e portugueses (da região Norte do país) nas Ciências e Tecnologias do Mar. Reconhecido como Campus de Excelência Internacional pelo governo espanhol, o Campus do Mar contratou a SPI para conceber e operacionalizar uma estratégia de internacionalização que fomentasse o intercâmbio de alunos, professores e investigadores com diferentes universidades e institutos de investigação. 

Para concretizar esta estratégia, a SPI identificou quatro países prioritários para as relações de cooperação do Campus do Mar – Brasil, China, México e Chile – identificou igualmente as instituições-chave nesses países na área das Ciências e Tecnologias do Mar e, neste momento, está a organizar e implementar missões de cooperação internacional a esses países. 

A primeira missão foi realizada no Brasil, entre os dias 13 e 19 de Maio. O Diretor-Geral do Campus do Mar, Emílio Fernández, e o Diretor de Relações Internacionais do Campus, Alberto Garcés, acompanhados por consultores da SPI, estiveram em Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo e Curitiba. Nestas cidades, reuniram-se com diferentes universidades, institutos de pesquisa e agências de financiamento à investigação. 

Já entre os dias 3 e 9 de Junho, os representantes do Campus do Mar e da SPI estiveram na China, tendo visitado instituições académicas e governamentais nas cidades de Pequim, Yantai, Qingdao, Xiamen e Hong Kong. 

Os resultados de ambas as missões foram amplamente positivos. Foram assinados Memorandos de Entendimento entre o Campus do Mar e diferentes instituições, além de ter sido acordada a celebração posterior de diversos acordos de cooperação académica e científica. 

A próxima missão será realizada no México, entre os dias 17 e 23 de Junho, seguindo-se a missão ao Chile, cuja implementação está prevista para o mês de Novembro.