SPI promove cooperação entre UE e EUA

27 Dezembro 2011

Tendo em vista a partilha de boas práticas de políticas e programas de inovação entre a União Europeia e os Estados Unidos, a SPI organizou, em Dezembro, um workshop em Washington, D.C., no Centro de Relações Transatlânticas da Universidade de Johns Hopkins.

O workshop teve como objectivo a discussão da abordagem europeia e norte-americana das políticas que fomentam a inovação e a comercialização de resultados de investigação, assim como a análise de clusters regionais e os seus benefícios para as indústrias e para a economia.

Para Sara Medina, administradora da SPI, “É evidente que a nossa economia precisa de produtos e serviços inovadores. Para isso, é necessário que o investimento público e privado em investigação seja acompanhado de um sistema de inovação que promova a transferência do conhecimento para a criação de produtos inovadores”.

As conferências do evento contaram com a participação de oradores do governo norte-americano, nomeadamente do Departamento de Comércio e da Fundação Nacional para a Ciência; de universidades norte-americanas (Harvard, George Washington, Kansas e Johns Hopkins); de associações empresariais; e ainda oradores de organizações europeias, entre as quais a Comissão Europeia. Foram também ralizadas visitas ao WICAT (Wireless Internet Center for Advanced Technologies) e ao LPAM (Center for Lasers and Plasmas for Advanced Manufacturing) da Universidade de Virginia.